Na última semana, chegou à papelaria uma linha de produtos apaixonante, fruto de um lindo projeto da artista Rosane Magalhães, Manualidades Literárias. O trabalho, repleto de delicadeza, é um reflexo da história e da personalidade da artista, um encanto de pessoa, como você pode conferir no depoimento a seguir.

Manualidades Literárias por Rosane Magalhães

Quando fiz oito anos, minha mãe começou a me ensinar a bordar. Nesta mesma época, tive uma vizinha costureira, a Dona Dora. Gostava muito de vê-la deslizando as roupas sobre a máquina, de ouvir o som do pedal. Eu ficava ali, sentada no beiral da porta, esperando os retalhos que caíam no chão. Minha mãe me advertia: “Não pegue retalhos sem perguntar a Dona Dora se pode”. Retalhos estes que se convertiam em roupas de boneca.

Lembro-me da minha avó Esther e seus quadradinhos de lã coloridos, tecidos para fazer lindas colchas. Ela fazia também bolsas de retalho.

Minha mãe estudou em colégio de freiras e lá aprendeu a bordar, a costurar, a tricotar e muitas outras atividades manuais. Tornou-se professora e trabalhou como tal durante trinta anos. Fiz o ensino fundamental II, à época se chamava 1º grau, numa escola em que aprendíamos a plantar, tínhamos aula de cerâmica, marcenaria, serralheria, bordado, costura, biblioteconomia. Uma escola sem precedentes…

Creio que todas essas vivências desaguaram sobre minha vida e me influenciaram muito. Formei-me em Letras, fiz especialização em Literatura Brasileira e trabalhei como professora durante vinte e cinco anos. Certa vez, fiz um curso de contação de histórias com uma professora fantástica, a Gislene Avelar. Esse curso trouxe essas vivências à tona, mexeu profundamente com a minha sensibilidade. Daí comecei a bordar em fronhas fragmentos da obra “As mil e uma noites”. Em seguida fiz mandalas bordadas. Os trabalhos sempre faziam alusão à literatura.

Pesquisei muito sobre a presença do fio em narrativas literárias, mitológicas, fiz cursos de bordados com pessoas maravilhosas. Mais tarde fiz um curso de corte e costura e outro de cerâmica.

A paixão que tenho pela arte me move, me direciona para os trabalhos que realizo.

Sou inquieta e curiosa, faço experimentações a toda hora. Num dado momento, as experiências se entrecruzam e dali brota algo: um livro de pano, uma boneca, toalhinhas bordadas, bichinhos literários de tecido, poemas…

Sonho em ter um ateliê para ensinar literatura e manualidades… eterno gosto por ensinar e aprender.

Impossível não se apaixonar, certo? Venha conferir os produtos aqui na loja!