No próximo sábado, dia 13 de abril, receberemos aqui na PdD mais uma edição especial do Bazar Meninas do Cafezal, um projeto encantador focado na inclusão social e econômica das moradoras do Aglomerado da Serra, na cidade de Belo Horizonte.

O lindo projeto é apoiado pela papelaria desde que abrimos as portas e hoje, em nosso blog, vamos contar para você como ele funciona:

O que é

O grupo Meninas do Cafezal é formado por meninas e mulheres moradoras do Aglomerado da Serra, em Belo Horizonte. Foi idealizado pela artista plástica e professora Maria do Carmo Guimarães Pereira em 1987, com o objetivo de ensinar a arte do bordado e capacitar as participantes a gerar uma fonte de renda.

Proposta

Visa ensinar a arte do bordado com o objetivo de resgatar a profissão de bordadeira, promovendo o censo de cidadania e dignidade pessoal e possibilitando às integrantes descobrirem seus valores e sua capacidade de criar e produzir peças de qualidade e aceitação no mercado.

Como trabalha

A atividade desenvolvida gera, além da satisfação pessoal, uma renda extra para estas mulheres. É também uma prática terapêutica e um incentivo de convivência em grupo.

Muitas das primeiras participantes do grupo, outrora meninas, hoje são mães que trazem suas filhas, para também iniciarem na arte do bordado, e estas por sua vez trazem suas avós, que tendo o apoio do grupo, se sentem motivadas a aprender ou contribuir com o que sabem.

Atualmente, oito voluntárias coordenadas pela artista plástica Cássia Duarte, arrecadam junto a doadores o material necessário (tecidos, linhas, etc.) para a produção das peças a serem bordadas: panos de prato, aventais, fronhas, tapetes e o que mais a imaginação criar de acordo com os materiais conseguidos.

Nos dias de encontro, que ocorrem uma vez por semana, as peças idealizadas são distribuídas para o grupo e o trabalho entregue na semana anterior é recolhido e avaliado. Busca-se neste momento, além do ensino da técnica do bordado, trabalhar a integração, desenvolvendo a consciência de cooperação, responsabilidade e respeito por si e pelo trabalho.

As peças bordadas são montadas, lavadas, passadas, embaladas e colocadas à venda em bazares ou consignadas em lojas, como na PdD. A verba originada desta venda é revertida integralmente para o grupo em forma de pagamento do trabalho desenvolvido.

Fica aqui o nosso convite para que todos os nossos leitores compareçam ao Bazar e conheçam os lindos produtos produzidos pelas talentosas mãos das Meninas do Cafezal!