Entre os dias 26 a 29 de outubro, participamos da Semana Criativa de Tiradentes. No evento, que acontece anualmente na bela cidade histórica, tivemos a oportunidade de assistir palestras, visitar exposições e trocar experiências e referências com criativos de todos os cantos do Brasil. Foram designers, artesãos, arquitetos e muitos outros que usam o talento para ditar tendências e trazer beleza, delicadeza e praticidade para a vida das pessoas.

O objetivo central da semana é a valorização do produto nacional, algo que prezamos muito aqui na papelaria. A ideia da PdD sempre foi a de funcionar como um canal entre os pequenos produtores locais e consumidores que buscam adquirir objetos que, para além da beleza, tenham histórias para contar.

O evento nos deu a chance de aprender com profissionais incríveis, em palestras e bate-papos. Foram muitas reflexões sobre arte popular e artesanato, criatividade à brasileira, design com afeto, tendências do morar e a importância dos clientes e seus anseios sob os produtos criativos. As discussões foram encabeçadas por nomes como a fotógrafa Evelyn Muller, a produtora Zizi Carderario, a semioticista Clotilde Perez, o artista plástico José Alberto Nemer, o fotógrafo Lufe Gomes, criador do belíssimo projeto Life by Lufe, os designers Paulo Alves, André Bastos, Guilherme leite, Maria Fernanda Paes de Barros, Heloisa Crocco, a nossa querida Daniela Karam, cujos produtos encantam os clientes aqui na PdD, e o arquiteto e apresentador do programa Decora, do GNT, Mauricio Arruda. Além deles, ouvimos e aprendemos também com os artesões Expeditos Jonas de Jesus, Maria Conceição de Paula, Lilia Fonseca, Rondinelly Santos, Wagner Trindade, dentre outros.

Ao final das discussões, saímos com a certeza de que a decoração vem se tornando, cada vez mais, um reflexo da história, sentimentos, anseios e personalidades dos habitantes de uma casa. A frase de Lufe Gomes, “A casa é a alma ao avesso”, resume bem esse novo contexto, que dá ainda mais a importância para a valorização da produção local.

Outro momento que nos chamou muita atenção – e claro, nos fez lembrar de nosso querido Bordando no Banquinho – foi o Agulhaço, orientado por Clarice Borian e Carolina Daher, no Largo das Forras. A valorização do bordado, manifestação tão fortemente ligada à cultura nacional, é sempre motivo de alegria para a PdD!

A ida a Semana Criativa nos colocou em contato com peças de artesanato encantadoras, e nos permitiu visitar espaços de produção que distribuem para todo o Brasil. Conhecer o trabalho que é feito na cidade amplia as referências da papelaria, e abre um leque de muitas possibilidades. Além disso, estar ao lado de tantos talentos em um ambiente tão cheio de história, é uma ótima oportunidade de imprimir um novo olhar sob Tiradentes e seus detalhes.

No final das contas, o evento nos tocou com uma série de inspirações e novas ideias, que ao longo dos próximos meses, serão implementadas aqui na PdD. Além disso, nos trouxe ainda mais certeza de que a nossa filosofia, de oferecer produtos com história e afeto, é a mais forte de todas as tendências!