Ser professor é querer abraçar todos os dias, sem exceção, o complexo desafio de educar.

É ser capaz de compartilhar, escutar, orientar, motivar, perguntar e responsabilizar.

É ter sabedoria para fazer com que a descoberta e a aceitação do novo pareçam tarefa simples, ainda que não sejam.

É ter respeito para lidar com as diferenças e sensibilidade para se colocar no lugar do outro e para entender que por trás de cada aluno, existe um indivíduo que carrega consigo características próprias e uma história única.

É compreender genuinamente que, mais do que compartilhar conhecimento, é preciso dar exemplo, com a clareza de que cada gesto e cada palavra proferida influenciam diretamente na formação de valores.

É ter cuidado para conduzir crianças e adolescentes na difícil tarefa de se descobrir enquanto indivíduos e oferecer mecanismos para que cada um venha a se tornar o dono de sua própria história.

É ter coragem para abraçar novos desafios todos os dias. Ser ousado e persistente, e nunca deixar morrer em si a vontade de aprender coisas novas. E ser humilde para compreender que ensinar também é uma forma de aprender.

É ser esperançoso e nunca perder a capacidade de acreditar. Acreditar que é possível construir, a partir do acesso ao conhecimento, um mundo muito melhor. E carregar no coração a certeza de que todos, sem exceção, são capazes de aprender.

É ser forte o suficiente para não sentir o peso da responsabilidade de deixar marcas eternas e moldar vidas, sem nunca esquecer o quão grande essa responsabilidade é.

É conseguir decifrar sonhos e sentimentos e ter dentro de si a capacidade de se realizar plenamente com as vitórias e conquistas alheias.

É ser guerreiro para romper os limites e barreiras que lhe são impostos diariamente e sensível para, mesmo diante de todas as dificuldades, nunca deixar de repetir, quantas vezes for preciso: “Você é capaz”!

Ser professor é, acima de tudo, um gesto de amor!

Por: Hellyd Lauar

A PdD deseja a todos os educadores do nosso Brasil um feliz dia dos professores!