Querida mãe, de todas as lembranças que carrego em meu coração, seu sorriso é, sem dúvida, a mais doce!

Com você, aprendi a ver a vida com fé, a ter confiança em Deus nos momentos difíceis e a ser grata por cada instante.

Entendi a importância de enxergar as pessoas além das aparências, de trata-las com respeito e de oferecer carinho e solidariedade a quem precisa, algo que você fazia com tanta frequência.

Lembro-me de observar com atenção, admiração e certa curiosidade o seu olhar de encanto diante das pequenas belezas do mundo. Com o tempo, também aprendi a aprecia-las e, por isso, sou muito grata a você.

Agradeço também por ter herdado o seu apreço por trabalhos manuais, em especial, bordado e artesanato. Hoje, tenho o privilégio de conviver diariamente com tantas dessas delicadezas, nessa linda lojinha que você tanto amava.

Não canso de me recordar das constantes visitas que fazia à PdD e do orgulho que sentia a cada novo passo, a cada conquista e de sua felicidade com as novidade, lançamento e eventos. Seu sorriso e simpatia até hoje estão presentes por aqui, em cada cantinho!

A verdade é que não tenho do que me queixar, pois sei que fui muito abençoada por poder desfrutar tanto de sua companhia, de receber seu carinho e amor incondicional. Mas também é verdade que, no dia de hoje, eu adoraria que você estivesse por aqui, para receber meu abraço apertado e os votos de felicidade pelos seus 89 anos!

Parabéns mamãe, Luiza Santos Diniz de Deus, a nossa Lulu!

Patrícia de Deus